Cães TOY , microtoy

Cães TOY , microtoy

Petescadas com múltiplos degraus (7), ideal para cães pequenos (toys, microtoys, etc.) Leia mais

Rampas, Rampas especiais

Rampas, Rampas especiais

Rampa, Petrampa em L Projeto desenvolvido de uma rampa PETrampa com medidas e condições especiais. Leia mais

Quarto de casal

Quarto de casal

Como obter a melhor opção para manter seu filhote no quarto do casal com conforto e sem destruir a harmonia do ambiente. Leia mais

Cadeirinha para megaesofago

Cadeirinha para megaesofago

Petescadas desenvolveu uma peça extremamente leve, confortável para a permanência do cão por períodos longos. Leia mais

Cama box casal, medidas

Cama box casal, medidas

Uma solução inovadora surge para atender necessidades de locais com limitações de espaço. Leia mais

seu shih tzu, buldog ou daschund é um cão rebaixado


Cães shih tzu com rebaixamento


Este cão parece um cão saudável, mas tem algumas características da raça importantes
patas curtas
focinho achatado
coluna elevada na lombar

Diz-se cão rebaixado quando a lombar é mais alta na traseira então
a dianteira parece rebaixada

              padrão europeu shih tzu  padrão americano shih tzu                                                            
o padrão da raça é uma coluna reta


Cães de pernas curtas são mencionados desde a Roma antiga, quando foram usados ​​para ir para o porões em busca de pequenos mamíferos. Pernas curtas ajudam estes cães a atravessar pedreiras difíceis e espaços apertados, e a rastrear em velocidade.

Cães de pernas curtas surgem repetidamente ao longo da história, e a maioria parece ser causada pela mesma mutação genética. Essa mutação causa uma condição chamada nanismo acondroplástico, na qual os ossos longos das pernas são encurtados.

A mutação de um gene causou a falta de uma proteína que controla o desenvolvimento de suas extremidades.


Cães foram seletivamente criados por centenas de anos para nos dar todas as raças estranhas e maravilhosas que temos hoje. Infelizmente esta criação seletiva produziu alguns defeitos que são transmitidos através das gerações.


Neste espaço, vamos buscar uma certa consciência dos fatos no uso de escadas e rampas sem julgar a criação de cães pois não temos certeza que as coisa foram propositadamente feitas nem sabemos como foram as resultantes, agora não nos cabe julgar mas arrumar formas mais completas para o cão ter uma vida saudável e feliz.


Quando os humanos começaram a criar mais e mais cães com focinhos achatados e planos, eles, infelizmente, nunca se perguntaram ou não havia esta pergunta se tal ação seria perigosa para esses cães. Agora, décadas depois, podemos ver que este cruzamento não foi feito no melhor interesse dos cães, uma vez que eles têm que suportar uma abundância de vários desconfortos.



Algo que é facilmente esquecido, no entanto, é que essa postura de pernas curtas é - acredite ou não - um distúrbio ósseo que foi seletivamente criado em cães como Corgis e Bassets, para não mencionar os Dachshunds, shih tzu, Buldog, Dandie Dinmont Terriers, Skye Terrier, Pequinês. cães, e outros "low-riders" do mundo dos cães. Além disso, essa mutação pode ocorrer em raças de cães que geralmente têm pernas dianteiras de comprimento normal.



Condrodisplasia ou osteocondrodisplasia significa literalmente crescimento anormal do osso ou cartilagem. Existem algumas versões diferentes do distúrbio, e ele pode se apresentar de forma diferente em diferentes raças.



O grau de problemas de saúde com caninos braquicefálicos(focinho achatado) varia de uma raça para outra, bem como de um indivíduo para outro dentro de uma raça específica.

 Infelizmente, mesmo os filhotes moderadamente afetados geralmente têm algum comprometimento da saúde, especialmente quando os comparamos com filhotes com ossos faciais normais. Aqueles que planejam comprar um cachorro de cara lisa devem estar cientes dos seguintes problemas que podem encontrar:
  • Sofrimento respiratório
  • Superaquecimento
  • Problemas dentários
  • Dobras de pele infectadas
  • Problemas ósseos e muscular
Como podemos ver, esses cães pagam um preço bem alto por serem fofos; 
e o pior é que existem alguns problemas de saúde adicionais que podem sofrer. 
Algumas dessas questões são problemas cerebrais, defeitos nas articulações, nanismo e muitas outras complicações. 

É por isso que aconselhamos que você terá que compensar a condição do cão - mesmo que sejam animais fofos e divertidos, esteja preparado para dar-lhes algum cuidado extra quando chegarem à sua casa.



O nanismo em cães nem sempre é uma preocupação. Um cão pode ter sido criado para ter esses traços como raças: Dachshunds, Corgis e Basset Hounds, ou pode ser simplesmente parte de sua composição genética. 

O que deve ser uma preocupação é se a estrutura esquelética do seu cão está causando dor. Isso pode ocorrer em cães pequenos e principalmente em cães de raças grandes com nanismo, devido à pressão do seu peso sobre uma massa muscular mais condensada. Outras preocupações incluem dificuldades respiratórias. Estes são mais comuns na reprodução seletiva. Raças como o Pug, Bulldogs inglês e com mais frequência Bulldogs Franceses, são escolhidas por seus breves gritos e cabeças grandes. 

Além de cabeças maiores, muitas destas raças são criadas para ter corpos mais longos, 
o que leva a dificuldades com nascimentos naturais. Trabalhe com seu veterinário para monitorar o desenvolvimento do seu cão, e discutir possíveis soluções para qualquer desconforto que você observar. Pode ser difícil avaliar o nível de dor do seu cão, tentar manter controle sobre comportamentos estranhos e relatá-los ao seu veterinário.


padrão de cães


padrão de coluna para cães

a maioria das raças tem a posição coluna reta como padrão e menciona os demais
como anomalias do padrão
            • traseira ligeiramente alta
            • traseira alta e nanismo
            • costa de barata
            • curva atras 
as anomalias do padrão não são necessariamente um mal.
mas podem ser terríveis se não observadas no dia a dia

Um cão com nanismo, patas curtas, focinho achatado, pernas tortas e coluna modificada
tem muito maior chance de lesões graves

cães com mudanças genéticas:
O nanismo hipofisário ocorre em cachorros quando um filhotes nasce sem uma glândula chamada hipófise e sem a capacidade de produzir a quantidade certa de hormônios responsáveis pelo crescimento.
Como resultado dessa mutação, os cachorros param de crescer precocemente e encaram muitos problemas de saúde como sobrevida diminuída e problemas com dentes, pele e músculos, ossos, etc.
acredita-se que menos que 5% dos cães tenham este nanismo
cão policial com nanismo

Nanismo de alteração genética
quando todos os exemplares da raça nascem com algum gene modificado
exemplo - Pata curta

buldog com nanismo

mas dentro da alteração genética, exemplo, pata curta com focinho achatado pode apresentar outros como lombar elevada
vamos ver como a sua constituição afeta o uso de escadas e rampas
e que sempre o difícil é descer

é sempre importante conhecer seu cão pois além do que mencionamos ainda
pode ter outras partes visíveis com patas tortas, articulações, etc

patas traseiras de cães

“Estatísticas da Fundação Ortopédica para Animais indicam que dos 467 Bulldogs testados entre 1979 e 2009 (30 anos), 73,9% foram afetados pela displasia da anca, a mais alta entre todas as raças.” 
- Fonte:Wikipedia

anomalia de patas dos cães

as pernas tanto traseiras quanto dianteiras podem apresentar muitas diferentes formas,
o sentido do peso sempre é em direção a gravidade (para baixo)
e não sendo as articulações bem apoiadas vai exigir muito mais de articulações
ligamento, tendões, etc.........

coluna de daschund

a coluna do cão é na horizontal, então qualquer anormalidade vai diminuir o espaço existente entre as vértebras, exemplo traseira alta, isso diminui sensivelmente o possibilidade de dobrar a sua coluna em um movimento com sucesso.
e como resultado aumento do risco de lesão

compressão de coluna dos cães em saltos
o que acontece ao pular, as vértebras se comprimem


pata curta corpo alongado

descrito como um meio cachorro de altura e um cachorro e meio de comprimento

analisando o exemplar, cintura fina, cabeça e peito avançados além das patas dianteiras,
isso resulta em grande esforço no pescoço e seu centro de gravidade esta 
desequilibrado e a frente.

este cão terá ao descer uma escada, alto risco de queda pois seu centro do 
peso esta a frente
e especialmente tem o peito avançado mais perto do solo.

uma rampa para cães é a solução

a mesma leitura para o shih tzu

shih tzu

importante manter cauda dos cães
a cauda ajuda no equilíbrio e em velocidade descer a escada
As vértebras da cauda pertencem a coluna vertebral e essa faz parte do esqueleto

vídeo shih tzu usando uma rampa

                                         

cofap cães

Um cão com
corpos alongados, provoca forte flexão da coluna em um salto
e sua pata curta tem baixa capacidade de flexionar as patas para amortecimento
resultando em forte compressão entre as vértebras
Quando um Dachshund salta e aterrissa, os discos em sua coluna estão recebendo ondas de choque do impacto. Uma vez que suas pernas são tão curtas, o choque é liberado quase imediatamente para a espinha de cães, enquanto você e eu temos pernas longas que são capazes de dobrar e de ajudar a absorver um pouco desse choque que experimentamos quando saltamos.

cães perna longas

existe também cães com uma anomalia inversa que é em vez de perna curta são 
cães com pernas longas
bulldog
leve sempre em conta que qualquer cão terá mais de 60% de seu peso nas patas
da frente, isso é resultante do pescoço e cabeça, e ao descer uma
escada existe uma inclinação para baixo, tudo isso
desequilibra o centro de gravidade e facilita a queda

bulldog obeso

obesidade claramente aumenta os problemas e afetam
músculos de pescoço

escadas bulldog frances

french tem alem de itens mencionados anteriormente tem hemivértebras
que são vértebras incompletas

buldog frances

cães com patas de tamanho menor que a altura do degrau
devem usar rampas

basset cães

este basset é muito próximo do chão
para este cão será impossível usar uma escada, 
terá que ser uma rampa para cães

rampa para bulldog

buldogs francês são alto candidato a usar rampas

rampa para bulldog

se a altura entre o peito do cão e o solo for menor que a altura de um degrau, 
fatalmente terá que usar uma rampa para cães
além disso o rebaixo faz com que o cão aponte o focinho mais inclinado em direção ao chão e esta queda pode severamente agravar uma lesão incluindo maxilar

pescoço bulldog

observe como o buldogue cresce o peito e com isso afasta os braços
isso resulta em menor força de apoio


cães rebaixados
alguns dos rebaixados


Qual a participação do dono nas lesões?

depois de tudo que vimos que são somente alguns fatores, os donos devem 
se preocupar e usar somente escadas e rampas de qualidade.
podemos falar dos diversos tipos de lesão mas preferimos falar
das causas para que possam ser evitadas

escadas para cães

usar uma escada curta quando deveria usar uma rampa, 
um cão com pata curta deve usar uma rampa

rampas instáveis
usando itens instáveis em vez de material seguro
escadas de tubinho caem com facilidade

escadas de espuma

usar itens com baixo limite de peso para cães,
itens de espuma afundam perto da borda provocando queda do cão

escadas cama box

deve usar um material, estável, que suporte o porte e peso do cão,
não afunda e seja estável

escada buldog frances

não deve usar escada com degraus curto e ainda material mole

escadas baixas

alto risco usar escada muito baixo para a altura da cama

rampa inclinada

rampa muito inclinada(curta), tendo qualquer lesão não vai usar,
além de provocar pelo enorme esforço

escada degrau curto

profundidade baixa do degrau
faz com que o cão ande de lado, em muitos casos o cão opta por pular
da própria escada
uma escada tem que ser 60% mais comprida que a sua altura


Para os donos de cães, é fácil negligenciar o fato de que os animais também envelhecem. Enquanto nossos amigos peludos envelhecem, suas capacidades físicas começam a diminuir. Infelizmente, quando nossos amados cães desenvolvem problemas nas pernas ou no quadril, será mais difícil e doloroso para eles entrarem e saírem de nossas camas altas. Não esperamos que amigos mais velhos ou mesmo pais acessem lugares elevados sem precisar de assistência. Por que esperamos que animais velhos sejam diferentes? 


Certas raças de cães, especialmente as maiores, são mais suscetíveis a condições de sofrimento como artrite e displasia da anca. Da mesma forma, animais de estimação que estão com sobrepeso e inativos são mais propensos a sentir dor nas pernas e no quadril. Se você quiser proteger seu animal de estimação de sofrer problemas de mobilidade no futuro ou se quiser ajudar um cão doente, sua melhor solução seria uma rampa para cães em camas altas. Não é apenas útil para animais de estimação que têm dificuldade em levantar-se dentro e fora de uma cama, mas também garantirá que o cão não sofra. 

cães com perda de massa muscular

todos os cães tem perda musculatura traseira provocada por falta de exercício
e avanço da idade, isso abre portas para doenças e lesões


fatores para escolher uma escada ou rampa de qualidade
não usar material mole, use material estável
use degrau profundo, acima de 21 centímetros
material impermeável
da altura do móvel a usar
sem limite de peso para cães
use tapete em superfície da rampa




Importante : Certifique-se sempre de verificar o limite de peso de qualquer escada para animais de estimação antes de comprá-los



Também é necessário deixar seu animal de estimação mais velho acostumado a usar uma rampa para cães antes que ele seja afetado por outras dificuldades visuais ou musculares.




What 41 987269100
41 33727306
petescadas@gmail.com


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...