Cães TOY , microtoy

Cães TOY , microtoy

Petescadas com múltiplos degraus (7), ideal para cães pequenos (toys, microtoys, etc.) Leia mais

Rampas, Rampas especiais

Rampas, Rampas especiais

Rampa, Petrampa em L Projeto desenvolvido de uma rampa PETrampa com medidas e condições especiais. Leia mais

Quarto de casal

Quarto de casal

Como obter a melhor opção para manter seu filhote no quarto do casal com conforto e sem destruir a harmonia do ambiente. Leia mais

Cadeirinha para megaesofago

Cadeirinha para megaesofago

Petescadas desenvolveu uma peça extremamente leve, confortável para a permanência do cão por períodos longos. Leia mais

Cama box casal, medidas

Cama box casal, medidas

Uma solução inovadora surge para atender necessidades de locais com limitações de espaço. Leia mais

salto de sofá e camas


Seu cão está pulando corretamente?


cães pulando

todos os cães pulam, isso é um risco?

  • Há muitas opiniões sobre articulações de cães e saltos. 
  • É inofensivo e saudável? 
  • Isso enfatiza as articulações? 
  • Todas as raças podem pular e brincar ativamente? 
  • É hora de dar uma olhada mais de perto.




Existem muitas informações sobre como ajudar nossos cães a se sentirem felizes e saudáveis e isso ​​significa que é preciso aprimorar o conhecimento ao longo do tempo para estabelecer melhores produtos e condições de uso.

É aí que entramos! Temos conversado com a equipes de aconselhamento veterinário sobre articulações de cães e sobre pulos para ajudá-los a fazer as melhores escolhas para seu amigo de quatro patas.

entender e conhecer o processo

Nos pulos são envolvidos os tecidos molesOs tecidos moles são músculos, ligamentos e tendões. 
Os tendões fixam os músculos aos ossos e os ligamentos conectam um osso a outro.


Como saltar afeta as articulações do seu cão - o básico



O efeito de pular nas articulações do seu cão depende das circunstâncias e de como e o que está acontecendo no corpo do seu cão quando ele ou ela salta.
 Historicamente, os cães e seus primos selvagens, os lobos, precisam pular e pular para sobreviver. Para nossos cães domesticados, no entanto, é uma questão de repetição, superfícies, carga, tensão, escala e o efeito desses detalhes no corpo.

Nossos amigos de quatro patas ficam na ponta dos pés, tornozelos no ar, joelhos para a frente. Imagine fazer isso o dia todo e você terá uma ideia melhor do peso e do estresse que seu cão coloca em seus músculos e articulações. É preciso muita energia, força e flexibilidade para perseguir esquilos, arranhar atrás das orelhas, lutar com os companheiros de brincadeira, pular nas camas e pular para os brinquedos.

De vez em quando, os cães exageram, exigindo muito das patas dianteiras (ombros, cotovelos, pulsos e dedos dos pés) ou sobre as patas traseiras (quadris, joelhos , tornozelos e dedos dos pés). Entorses e distensões são lesões comuns. 


Se você ouvir o seu cachorro gritar, ele pode precisar da sua ajuda.



É útil considerar o ato de pular da perspectiva de um cão - 
entender o que está acontecendo fisicamente nos ajuda a entender como e por que diferentes tipos de saltos afetam as articulações de nossos cães. 


Como é o movimento do pulo de um cão?



Quando o seu cão se prepara para decolar, ele transfere o peso para os grandes músculos das patas traseiras e para as articulações da perna de trás. O back-end ativado impulsiona o seu cão para cima e para frente como uma mola espiral sendo liberada.




Esta ação requer uma gama completa de movimento nas articulações da perna de trás, incluindo o joelho e o quadril e o tarso (hock) e, é claro, ativação em todos os músculos de apoio. Quando eles chegam a terra, as patas dianteiras são mobilizadas, flexionando-se e estendendo-se para frear e firmar o cão.




Embora essas ações sejam perfeitamente naturais, como você pode imaginar, é preciso mais das articulações do seu cão do que caminhar ou correr em terreno plano. Os veterinários referem-se ao estresse adicional no corpo como 'aumento de carga'.


como o centro de gravidade de um cão é desestabiizado o esforço é enorme para projetar ao espaço um corpo cujo peso maior não esta acima das pernas mas deslocados lateralmente



foguetes em saltos

as pernas devem impulsionar o corpo que esta a frente e não acima
dos músculos traseiros

etapas de salos em cães

diferentes uso muscular em cada estagio


Para muitos donos de cães, relaxar com o cachorro no sofá é um dos muitos prazeres de viver com um cachorro. Em alguns lares, os cachorros têm seu próprio sofá. Enquanto nós gostamos de ter nossos cães sentados conosco, pular para cima e para baixo no sofá ou na cama tem nos músculos do seu cão efeitos que devem ser conhecidos.

A ação de pular no sofá ou na cama exige que o cão mude seu centro de gravidade.
Para o cão saltar para cima, eles precisam colocar o peso de volta nos membros posteriores para impulsionar o corpo para cima e para frente. Esta ação carrega as articulações dos membros posteriores do cão e ativa os músculos das pernas traseiras.

Durante a fase de “decolagem”, a amplitude de movimento nas articulações dos membros posteriores do cão: tarsal (joelho), joelho e quadril, aumenta, assim como os níveis de ativação dos músculos de apoio, em comparação com a caminhada no plano.

Nos membros anteriores, há uma flexão significativa das articulações do ombro, cotovelo e carpal ao saltar, seguida de uma extensão para o piso. Os músculos que sustentam essas articulações também são ativados durante essa ação. O nível de ativação muscular durante a decolagem do salto é maior do que o necessário para outras atividades, como caminhar no apartamento.

Além disso, na maioria dos casos, o cão está saltando para uma superfície macia como um sofá ou cama, o que exige que os músculos do cão se contraiam excentricamente para manter a estabilidade. Sabe-se que as contrações excêntricas contribuem para a fadiga e a tensão muscular em cães e humanos.

torção

Salto no sentido inverso da cama ou sofá para o piso


A ação de saltar da cama ou da mobília exige que o cão aplique forças de frenagem significativas com os membros anteriores para manter o equilíbrio da frente para trás. Os membros anteriores do cão normalmente suportam cerca de 60% do seu peso corporal. Isto é significativamente aumentado quando descer de um obstáculo. Este peso adicional a frente facilmente desestabiliza com queda

Funcionalmente, ao pular, o ombro do cão se flexiona e o cotovelo se estende para frear e estabilizar o corpo. Os músculos do ombro e da perna dianteira são ativados para apoiar as articulações e frear o movimento para baixo e para frente do corpo.

observe que os músculos dianteiros do cão são menores, imagine nos humanos teríamos que absorver um salto com os braços e não com as pernas.


Quais são os riscos de deixar meu cachorro pular no sofá ou na cama?


cães pulando na cama

A freqüência com que alguns cães pulam para cima e para baixo no sofá ou cama expõe suas articulações e músculos a cargas muito elevadas em uma base diária. Sabemos que realizar a mesma tarefa repetidamente pode resultar em lesões por esforço excessivo e repetitivo em humanos e animais. Os sintomas dessas condições incluem disfunção e dor.

O risco de lesão é exacerbado se o cão está acima do peso, o que aumenta a carga nas articulações e músculos.


isso tudo cão sem lesaão


Como é o pulo de um cão?



O ato de pular (de cima para baixo) produz menos trabalho muscular - 

é quando seu cão pisa no freio que ele ou ela arrisca uma torção ou tensão.



Para descer de um sofá ou cama, o seu cão usa o peso do corpo para um impulso descendente. Uma vez que eles aterrissem, eles então 'freiam' pela seção frontal do corpo deles. As pernas dianteiras e os ombros repentinamente tomam muito mais peso e tensão do que se andar ou correr em terreno plano, especialmente se o seu cão estiver carregando uns kilos extras. Novamente, isso é "aumento de carga" no trabalho.


diferença do salto de uma cama ou sofá e salto de agility é a velocidade, em velocidade salta mais, tem tempo de preparar a aterrizagem, foi gradativamente aumentando a altura de salto, em casa muitas vezes e executado por explosão e imediato

cães salto na grama



Grades de salto são linhas de saltos definidos em diferentes ângulos e distâncias que os cães aprendem a negociar em velocidade. Os cães começam as grades de salto com alturas de salto muito baixas, ou até mesmo com barras de apoio no solo, e gradualmente aumentam sua altura total de salto à medida que ficam mais fortes e mais confiantes.

coluna dos cães

a coluna de um cão é na horizontal, fazendo com que ao pular
gere uma compressão das vértebras
é uma área sensível que facilmente gera lesão


Pouso e decolagem em diferentes superfícies?



Este é um grande fator. 

Saltar de difícil a suave (do piso a cama) - 
ou suave a escorregadio (da cama a piso de madeira) -
 acrescenta outra camada de complexidade. 
Seu cão deve digladiar com superfícies escorregadias, como pisos de madeira com seus próprios músculos, ou pode se arriscar a cair com impacto. Isso pode causar o que é chamado de "contrações excêntricas", levando a torções, tensões e entorses.



Imagine pular de um muro alto em um colchão macio e tentar ficar de pé quando você pousar - você entende a cena. A desordem, pisos escorregadios e tapetes também podem causar problemas. Torcer ou forçar no pouso para evitar riscos significará mais trabalho para os músculos e articulações.



ginastica colchão

lembre dos ginastas como é difícil ficar em pé

por isso precisamos usar escadas e rampas que sejam estáveis e 

que tenha constituição que sustente seu peso


pular em escada mole, certamente ira provocar desequilíbrio


evitando salto de cães


pular em escada instável também proporcionam falta de estabilidade
com alto gral de queda e independe do porte do cão


salto instáveis de cães


Pavimentos escorregadios


A carga nas articulações e músculos do cão aumenta na subida e descida, se o piso ao redor do sofá ou da cama for escorregadio como ladrilhos ou madeira polida. 
Cães exigem boa fricção no pé para permitir que eles saltem para cima e para baixo com segurança. Sem boa fricção nos pés, a probabilidade de um escorregamento e queda aumenta.

escadas para evitar saltos


Proporcionar um acesso claro à cama ou ao sofá é importante para reduzir o risco de tensão muscular. Limpe a área de impedimentos, como objetos no chão, para que o cão possa ajustar naturalmente seu passo para subir e descer com uma escada ou rampa de qualidade. Idealmente, o cão deve ser capaz de usar com estabilidade sem torcer ou girar, o que pode levar a tensões nos músculos das costas e do pescoço.



A raça e o tamanho do cão influencia em saltos de cães?



Certamente. Se o seu cão é um exemplar minúsculo, eles podem ter que pular duas ou três vezes a sua altura para se juntarem a você para um aconchego. Algumas raças e misturas são mais propensas a acidentes e / * incidentes, e a obesidade desempenha um grande papel. Infelizmente, se seu cão está carregando peso extra, suas articulações sofrem o estresse, o que pode tornar a ação arriscada e ainda mais problemática.


escadas para cães pequenos

declarações mais comuns sobre saltos e articulações de cães classificados em fatos e ficção.


Cães não devem subir e descer escadas



Não é verdade. A maioria dos cães adultos saudáveis ​​pode gerenciar bem as escadas com antiderrapantes. Escadas ou degraus requerem maior amplitude de movimento nas articulações da perna anterior e posterior, quando comparadas a andar em terreno plano. No entanto, a mudança no centro de gravidade do cão é contrabalançada pela altura baixa que o cão precisa para negociar. Escadas podem ser um desafio para as raças menores e cães cujas articulações precisam de cuidados extras. se o cão tem perna menor que o degrau deve usar rampa. 


salto em escadas de cães
cães que não podem usar escadas podem optar por rampas
de sobrepor para escadas de poucos degraus


Pular de dentro do carro para fora do carro é ruim para o meu cachorro



Em grau maior ou menor - depende do seu carro e do seu cachorro! 

A melhor solução é usar uma rampa portátil. Se o seu cão se acostumar a rampas quando eles são jovens e ágeis, a vida será mais fácil para ambos, se o salto se tornar uma luta à medida que envelhecem.

acesso a veículos suv



Os cães não devem entrar e sair dos sofás



Verdade . Pular dentro e fora do sofá não é bom para os cães por causa da combinação de diferentes superfícies. Passar de difícil a suave (e vice-versa) aumenta a probabilidade de reviravoltas e lesões, assim como repetir repetidamente uma atividade de "carga alta".


a melhor opção sempre será o uso de uma rampa


salto de sofás cães


Pulando da cama não vai machucar meu cachorro



Não é verdade . Embora, claro, isso depende da sua cama, seu colchão e seu cão. 

É mais seguro levantar o seu cão para um aconchego na hora de dormir ou usar uma rampa - ou pelo menos levantá-lo da cama, especialmente se sua cama for alta. 
Pular e sair da cama é uma atividade de alta carga, com uma mistura de superfícies duras e macias que causam muita tensão na musculatura e articulações do seu cão.

saltos de escadas cães grandes

observe as patas do cão na Petescadas, apesar de absorvedora de impacto
não afunda, já no colchão


Filhotes não deveriam poder pular na mobília


Verdade. As articulações em crescimento são particularmente vulneráveis ​​- e o comportamento que você permite na condição de filhote define o modelo para a vida adulta. Nós recomendamos que você treine seu filhote para "esperar" e levantá-lo sobre a mobília se você quiser que ele entre para um abraço. É um hábito educado quando você visita amigos e familiares também!


Mas usar uma rampa ou escada pode antecipar este processo para já

ossos de cães pequenos

os ossos de filhotes demoram a se consolidar 

cães micro subindo escadas

Além disso, os cães jovens não têm o benefício do músculo constituído para amortecer o impacto de um salto, como acontece com os cães adultos.


Os cães não devem poder saltar e brincar em camas e trampolins




Infelizmente, isso é verdade. Muitos cães amam a sensação de saltitar da cama ou do sofá e às vezes até o usam como um "trampolim" se estiverem com energia reprimida. 

Nós todos sabemos que um cão que gosta de pular em um trampolim, deu meia chance. No entanto, saltando em uma superfície irregular ou pior de soft e elástico ao solo duro pode aumentar a chance de lesão.

cães no trampolim


Esportes de saltos como agility são ruins para os cães
cães pesados
Algumas raças definitivamente não são feitas para saltos, outras podem suportar com mais
facilidade. Assim como cães com lesão, sobrepeso, doenças, etc não devem participar deste eventos.

entorses e contusões são comuns na agility;

como saltar e escalar o obstáculo da armação A, apresentam maior risco de lesão.
O ombro foi identificado em duas pesquisas retrospectivas recentes como a localização anatômica mais frequentemente lesada no agility


Saltar aumenta a carga na articulação, se as superfícies e alturas estão dentro de uma faixa segura, seu cão é saudável e você não exagere, pular é relativamente seguro. 

Existe o risco de ferimentos ao participar de qualquer esporte, mas se você for cuidadoso e responsável, poderá minimizar o risco, de modo que eles sejam superados pelos benefícios, como maior aptidão física e melhor vínculo entre você.

salto de cães

muitas vezes começa a se exigir demais do cão, acreditando que qualquer 
altura será aceitável

salto de cavalos

faça uma comparação da altura que um cavalo deve pular
proporcionalmente muito menor

Como manter os músculos do meu cão saudáveis ​​e ainda deixá-los no sofá?

Treinamento

Para cães de raças menores, treinar o cão para esperar para ser levantado para móveis e para baixo novamente. Isso evita as forças compressivas nos ombros e membros anteriores na descida e sobrecarga dos músculos.Sempre que possível use rampa


Para cães maiores, treine o cão a usar uma escada para subir e descer dos móveis para reduzir a carga muscular. Enquanto as escadas ou degraus exigem maior amplitude de movimento articular nas pernas dianteiras e traseiras do que andar no apartamento, a mudança no centro de gravidade do cão é reduzida com a altura baixa que o cão precisa para negociar.

exercícios de fortalecimento para cães

programas de exercício ajudam no fortalecimento muscular

Para cães que saltam regularmente para a cama ou para o sofá, observe-os cuidadosamente quanto a mudanças em seu movimento de salto ou relutância em pular. Estes podem ser sinais de que o cão tenha esticado um músculo. Procure um diagnóstico veterinário para lesões de tecidos moles, considere um tratamento de massagem ou programa de alongamento para aliviar a tensão e a dor muscular.


fatores de qualidade de escadas e rampas

material estável não mole
impermeável
degraus profundos
largura compatível com o porte do cão
altura compatível com o móvel a alcançar


whats 41 987269100
41 33727306
petescadas@gmail.com



lendo um livro com seu cão


eu quero ver a cor do vento


cães passeando


Assim como nós nos transportamos a um lugar, um clima, um ambiente, uma época ao ler um livro, o mesmo acontece com um cão, enquanto passeia, vai lendo o entorno, o clima, as surpresas, os ruídos, os cheiros, o piso, o quente ou frio, as alegrias. 


A maior lição que recebi de meu cão é que mesmo ele não sabendo o destino, 
aprecia a viagem

cães no carro



Eu quero contar a você sobre minha vida. Como um bom cão que sou, eu tenho minhas preocupações, minhas necessidades, meus gostos. 
Eu gosto do cheiro de grama fresca de manhã e me deixa louco andar calmamente, sem pressa, parando em cada folha ou galho seco que me dá tanta informação sobre o que me rodeia. 


Isso me faz sentir seguro para o primeiro passeio que tudo está em ordem e não há nada para se preocupar. Perceber essa familiaridade com você e saber que não estou em território hostil é a coisa mais importante da minha vida, porque isso garante que não estou em perigo. É por isso que me dedico ao passeio conscientemente, porque é uma tarefa de vital importância cuidar da minha segurança.

Mas para que este passeio seja realmente tranquilo


Pequenos perigos devem ser levados em consideração e com a mesma atenção se você manter seus cães em uma coleira (rédea curta)  ou se você 
os deixar brincar livremente.
apesar de que deixar livre é um grande risco seja por ataques, barulhos e freadas, etc....nunca é aconselhável 
passeio com cães
Um cão seja de qualquer raça, e de qualquer porte, mesmo grande, médio ou pequeno,  nunca terá a menor noção de perigo a menos que já seja evidente.
Novos riscos estão surgindo, em muitas cidades surgem os patinetes e bikes
que usam calcadas e locais que podiam ser usados para passeio

patinete na calçada

Vamos falar sobre alguns perigos nas cidades durante o passeio dos cães.


Quando você está em uma calçada e você anda ao longo de um muro cuja cerca é muito antiga, e isso acontece com freqüência, você pode observar muitas áreas abertas e expõe o cão perigosamente. 

Podem facilmente ser atacados por animais a partir do lado de dentro.
À medida que nossas bichinhos passam o nariz ao chão sempre em busca de odores, se alguém não estiver atento, pode se machucar com pontas pontudas, enferrujadas atingindo os olhos e procurando livrar-se deles, eles arriscam ter ferimentos graves.
cães na calçada

Destas mesmas velhas cercas, muitas vezes escapam galhos de árvores não podados.

Às vezes, esses arbustos têm hastes suaves, sem perigo, mas muitas vezes essas hastes são difíceis, apontadas e até mesmo com espinhos longos.

Enquanto um macho costuma urinar bastante ao longo dos arbustos, nossos bebes têm o nariz que passa e retorna em contato com as hastes e espinhos, portanto, riscos significativos para os olhos e o rosto.
cães e cerca

Mesmo cercas floridas onde quer que haja campos verdes ou de flores, evite que seus cachorrinhos tentem manter-se perto por causa das hastes duras e pungentes.

Os postes elétricos e telefônicos nem sempre são de boa qualidade ou não tem manutenção coerente. Quantas vezes nós notamos fios e partes soltas ao redor de suas bases ....
cães passeando

partes soltas em postese que ficam pendurados no curso


poste eletrificado
Nos estamos isolados eletricamente (Calçado) mas os cães não, muitos empresas colocam o fio terra de isolação elétrica na calçada, onde os cães passam

tampa metálica na calçada

tampas metálicas são um perigo pois podem estar em curto em contato
com eletricidade, um xixi de seu cão pode escorrer e entrar em contato com a
e eletricidade, ou quando choveu ou esta garoando.
nunca deixe seu cão sobre tampa metálica, seja elétrica, gás, água, etc

cão usando poste

nossos cães adoram usar os postes mas pode ser grande risco,
cercas vivas ou plantas que se agarram a muros contém muitos
pequenos bichos como aranhas e escorpiões

cães em gramados

Como outros cães machos têm urinado nesses pontos eles atraem os nossos cães.
É então necessário controlar bem a trela para não deixá-los nesta aproximação..
             bueiros de rua         boca de lobo e cães
Em muitas cidades, ainda encontramos boca de lobo tão grande que uma pequena criança poderia cair! Então nossos cães mais ainda.
grades e cães


Nossa curiosidade rapidamente percebe que, por trás de muitos portões, observam cães que se apressam a atacar com mais freqüência, ou choram porque gostariam de fazer "amigo-amigo" como contato com o caminhante que cheira
 a rua a frente.

No entanto, quando o espaço entre o portão e o chão é importante, como 15 cm de altura, um focinho muito mal intencionado pode escorregar e pegar uma pata de nosso cachorrinho que fica muito perto desse portão. 
Se é uma grade muito aberta, novamente o final do focinho do cão de guarda pode facilmente pegar o cão pequeno que não é cauteloso e muito curioso.
Então, verifique o comprimento da coleira para que seu controle permaneça razoavelmente no meio das calçadas o máximo possível.
É claro que as pessoas que usam longas coleiras de enrolar não podem controlar tudo isso, é como se seu cachorro estivesse livre, e é a oportunidade de sofrer todos esses perigos com as conseqüências às vezes graves que engendram.

espiguetas e seus perigos


espiguetas
Nos espetáculos da temporada e estações do ano, muitos gramados nas cidades são invadidos, é melhor proibir nossos cachorros para seguir esses gramados em vez de arriscar que uma dessas espiguetas penetre sob a pele tão frágil de nós cachorrinhos. 


E, além disso, os jardineiros que cortam estes gramados jogam partes cortando na calçada que passa, de modo que as espinhas podem ser encontradas nas calçadas. Além de galhos adornados com ramos quando esses mesmos jardineiros cortam as bases e não limpam cuidadosamente após o corte do trabalho.



É claro que um dos grandes perigos comuns é que nossos cães cheiram as fezes de outros cães infectados e desenvolvem doenças. 
Deixe-os cheirar a urina, mas puxar a coleira se quiserem cheirar os excrementos.

Eles precisam cheirar urina para sua rede social!


cães ferozes

Cães de grande porte na rua sem focinheira não é uma exceção
falta muita fiscalização

sementes na rua

Da mesma forma, alguns comilões tentam agarrar\comer tudo e qualquer coisa que encontram em cada caminhada. Cuidado com o que encontra no caminho, sementes, flores, folhas, etc. podem não ser adequadas
cães na grama

Passeando no novo mundo moderno, 
com as cidades surge a disputa em que poste nosso bebe pode fazer seu xixi, muitos lojistas estão inventando meios de afugentar nossos amiguinhos.

enxofre em poste

bares, restaurantes, açougues, fruteiras, enfim toda a área alimentícia,
de farmácia, e outros não querem que suas calçadas sejam usadas pelos bebes.

então a sugestão é sempre levar uma garrafinha de água para colocar sobre o xixi, diminuindo a incidência de cheiro

cães fazendo pipi

existem muitos produtos sendo colocados nos postes, um dos mais comuns é o
enxofre, não deixe seu cão pisar pois vai lamber as patas depois

placa proibindo xixi de cães

cidades como Londres as pessoas chegam a colocar placas
proibindo/não permitindo o xixi neste local.

garrafa de agua afugentando cães

na asia são colocadas garrafas de água que eles acreditam que ao bater
o sol forma um prisma que afasta o cão, veja pendurada na porta

postes e cães

garrafas colocadas ao redor do poste para afugentar os cães

cães fazendo xixi


o melhor e sempre que possível é tentar usar uma área neutra
e evitar conflitos


capivaras no parque

algumas cidades tem disponibilizado parques para animais selvagens
com isso sua grama fica altamente contaminada com parasitas,
então as prefeituras colocam venenos eternizando que o uso não pode mais
se dar por cães de residências

a disputa pela pracinha - hoje as pracinhas tem uma disputa, de quem pode usar, as crianças? os cães? o skate ? corredores? os patinetes? , o espaço é o mesmo mas temos muitos usuários

Você certamente notou que as pessoas preferem andar de bicicleta nas calçadas agora. 

É extremamente perigoso para nós, que nem sempre os escutamos vindo atrás de nós. Porque estas bicicletas em geral não têm buzina/campainhas! 

Mas se o seu cachorrinho fica a um metro de distância de você e vai da direita para a esquerda, dependendo dos odores que o atraem, mantenha-se atento para prever a passagem de uma bicicleta sem risco de colisão. 
Em breve, os pedestres não sabem onde andar com segurança. E você pode achar, infelizmente, que essas bicicletas nas calçadas sentem que têm prioridade e dificilmente são amigáveis, isso hoje sendo agravado pelos patinetes e bicicletas de locação.

Mesmo tendo todos os cuidados ainda assim temos que levar em conta que cada vez mais a dificuldade de sair as ruas e passear com nossos cães aumenta


  • Vida corrida, necessário 20 minutos mínimo, as vezes mais de uma vez ao dia
  • Seu cão fazer necessidades (atualmente já se pensa ser uma tortura regrar horários além das lesões e doenças que podem advir de seu cão segurar as necessidades, ainda mais em idade avançada) .
  • A saúde do dono não permite
  • cão idoso - não pode esperar determinados horários e riscos disso.
  • Tempo chuvoso, frio
  • Calor excessivo
  • Segurança de andar na rua, movimento, assaltos, 
  • Venenos e riscos da rua
  • Restrição imposta por vizinhos
  • Caminhar repete o uso de grupos musculares, não executando uma serie de músculos, que fazem falta no decorrer da idade, como músculos de abdômen, movimentos de deitar e levantar, etc,
Mesmo com todos os problemas do dia a dia sabemos que nossos cães precisam de exercícios e mais ainda com avanço da idade
  • Eliminação do estresse, hábito de rosnar, diminui de latidos etc.
  • Tem o efeito de suprimir o comportamento problema.
  • Torna-se confiante e cria confiança ao comunicar-se com outros cães .
  • O exercício evita o tédio e o torna ativo e enérgico.
  • Estimulará o cérebro ajuda a torná-lo um cachorro inteligente porque faz todo o movimento de território e cinco sentidos .
  • O exercício impede a depressão do cão, bem como os seres humanos

Petescadas tem uma serie de aparelhos ótimos para clínicas, condomínios e pátios
onde os cães podem fazer seus exercícios com segurança.

oscilador para clínica, todo porte de cão

aparelho de fisioterapia



oscilador cães pequenos

oscilador para pequenos cães, prancha de surf


trilha para cães

circuito trilha

trilha para exercício de cães

trilha alta sob encomenda, usada em conjunto a circuitos
diversifica o exercício

academia de ginastica para cães

agora condomínios estão criando áreas comuns para os cães, essas áreas são usadas para convivência, socialização e exercícios. 
como esta difícil passear fora o exercício é feito no próprio
condomínio



osciladores para clínica

fisioterapia animal

reguláveis para o grau de dificuldade do exercício


oscilador para cães

modelos completos e compactos para uma clinica,
muito exercício em pouco espaço

academia cães

clínicas de fisioterapia com academias completas


Cada vez mais Clinicas de fisioterapia estão se especializando em ser além da clínica de fisioterapia ser um centro de exercícios e acadêmia, como sendo uma recuperação fortalecimento e uma prevenção.

Clinicas que oferecem outros serviços como tosa estão criando parques e programas de exercícios, o cão vai para o dia fitness, se movimenta, gasta energia e ai faz o banho e vai para casa tranquilo e feliz e sem risco de lesão.

o mesmo transporte, o mesmo tempo, e muito mais serviços
imagine que são serviços no ciclo de vida
(bebe, adulto, sênior, senil)


What 41 987269100
41 33727306
petescadas@gmail.com