Cães TOY , microtoy

Cães TOY , microtoy

Petescadas com múltiplos degraus (7), ideal para cães pequenos (toys, microtoys, etc.) Leia mais

Rampas, Rampas especiais

Rampas, Rampas especiais

Rampa, Petrampa em L Projeto desenvolvido de uma rampa PETrampa com medidas e condições especiais. Leia mais

Quarto de casal

Quarto de casal

Como obter a melhor opção para manter seu filhote no quarto do casal com conforto e sem destruir a harmonia do ambiente. Leia mais

Cadeirinha para megaesofago

Cadeirinha para megaesofago

Petescadas desenvolveu uma peça extremamente leve, confortável para a permanência do cão por períodos longos. Leia mais

Cama box casal, medidas

Cama box casal, medidas

Uma solução inovadora surge para atender necessidades de locais com limitações de espaço. Leia mais

Grandes perigos para seu cão



Grandes perigos para seu cão e gato



grandes riscos para seu cão

Nosso dia a dia termina por gerar uma serie de risco para nossos cães e gatos
Uma simples janela aberta, um cabo de energia solto ou uma caixinha de remédio esquecida no criado-mudo podem se tornar verdadeiras ameaças para o seu pet. 

E muitos riscos são invisíveis, o remédio pode desaparecer sem você perceber.


Os animais de estimação são como crianças, precisam de uma supervisão constante do dono. E quando não há ninguém em casa, é preciso minimizar os riscos, 


Os cães, por exemplo, não têm senso de perigo. Eles não sabem que determinada situação pode ser perigosa até que aconteça algo, muitos dos fatores de risco são conhecidos mas em função do tempo decorrido tendem a ser negligenciados.

Fatores de risco comuns


Movimento de caros no patio, - seja no sitio, na praia ou em casas, garagens, etc. manobras de carros são sempre um problema, certifique-se que não há riscos para os cães e gatos, muitos tem hábitos de dormir embaixo dos carros.

Ataque de outros animais na rua, andar na rua é necessário o cuidado do ataque de outros animais, cães marcam território e podem interpretar como uma invasão a sua demarcação.
lesão em cães

Riscos de fuga - abertura e fechamento de portões ou locais para sair ou pular. Lembrem tudo pode ocorrer, um rojão explodir naquele momento, uma buzina, etc podem estressar nossos cães ou gatos.

Doenças na rua,- grama (carrapatos), especialmente em alguns parques houve o surgimento de animais como antas, que carregam muitos parasitas.

Pulgas em jardins - muitos locais, inclusive parques colocam venenos nos gramados, especialmente onde passam animais soltos e até antas, esses venenos aderem as patas dos cães que as lambem.

Animais peçonhentos, aranhas, cobras, escorpiões - Cães e gatos são curiosos e podem se aproximar de animais com peçonha

No transporte dentro de seu carro - blocos , Seu cão deve usar cinto dentro do carro e durante a permanência e somente no banco traseiro, Petescadas tem blocos especiais para preenchimento da área entre os bancos. Não deixe seu cão pular de bancos de carros Petescadas tem rampas especificas para veículos para subir e descer com segurança.

Não são poucos os casos de cães soltos no banco dianteiro e até em frenagens relativamente não intensas o cão é jogado contra o painel do carro, provocando lesões no cão e muitas vezes disparando o Airbag, que não fica barato em recolocar.
transporte de cães

Saltando de veículos - Saltar de veículos é a segunda causa de lesões, a primeira disparada é saltos de camas e sofás. Saltar de carros é muito perigoso use as rampas corretamente para um passeio adequado.


transporte de cães em veículos altos

Saltando de móveis - Saltar de móveis é a principal causa de lesões em cães, e isso não esta resumido a cães de pequeno porte ou alguma raça em especifico, temos sim raças mais ou menos suscetíveis a lesões em função de sua constituição musculoesquelética. Mas todas as raças e porte sofrem com o pulo de sofás e camas.


pulando da cama

Por mais que seu cão pareça um atleta dos saltos, a repetição do salto
vai provocar uma lesão de stress por repetição.


saltos de cães

Sendo pisados quando muito pequenos- Cães muito pequenos estão sempre em exposição a serem pisados, são necessária atenção especial a este cães


Escorregando em pisos lisos, correndo dentro de casa- Muitos cães gostam de brincar e correr dentro de casa , ou sair em disparada quando toca uma campainha, etc, é importante prevenir que em algumas áreas é possível que tenha que ser colocado um tapete ou um antiderrapante. Algumas lesões como coxo femural, ligamentos, etc. são muito prejudicadas por escorregamentos.banheiro- escorregarnnnnnnnnnnnnnnnnn


tapetes antiderrapantes para cães

Lesões repentinas, saltos de camas e sofás quando toca a campainha, são os chamados saltos de explosão, o cão esta dormindo e é tocada a campainha e o cão sai em disparada, sei que é difícil mas deve ser desestimulada, pois da inercia a um movimento rápido as lesões decorrentes são intensas e de altíssima gravidade.

Mexendo no lixo, especialmente gatos, latas abertas com abridores de latas deixam bordas cortantes e ao lamber produzem cortes importantes. Vidros quebrados, ,..............acondicionar bem o lixo ajuda a evitar cortes e machucados.

Contato com animais de rua - vou passear e meu cão se aproxima ou o cão de rua se aproxima, o que devo fazer? ..... não esqueça que o cão de rua precisa de sua ajuda, recolhimento se possível e no minimo comida e água. Na rua: o recomendado é manter sempre o cachorro na coleira para evitar fugas e acidentes com veículos ou pessoas.

                            (toque a campainha e corra o cão precisa de exercício)
campainha e cães

Passeios em dias quentes- as pedras ficam muito quentes no verão, calçadas, asfalto, areia de praia são intransitáveis  queimando as patas dos cães, além do calor provocar desidratação, deixe para passear com seu cão a noite e após ter certeza que a pedra esfriou. Calor e temperatura -
passeando com cães

Deixar o cão dentro de veiculo - Poucos minutos é o tempo necessário para tornar a temperatura interna de uma carro insuportável, aquecimento e falta de ar. Nunca deixe seu cão no carro, pode ser que você não retorne tão rapidamente quanto você acreditava que iria acontecer.


Secagem em petshops em máquinas fechadas - alto stress, não há nada pior do que a sensação de asfixia que passa o cãozinho nas máquinas de secagem automáticas, simplesmente exija que seja seco fora destas máquinas.


secando seu cão

Alta quantidade de perfumes, as vezes para enganar o cheiro, além de provocar alergias o perfume incomoda o cão pois destrói sua capacidade de perceber as coisas através do olfato.

limpadores de pisos  O limpador químico que você usa é ótimo para remover manchas, tornando o chão limpo em uma área mas perigosa para cães. Animais de estimação gostam de rolar no chão. Eles adoram lamber e mastigar a si mesmos. Os cães lamberão o chão atrás de comida que caiu. Há muitos perigos para os cães quando são usados limpadores de chão químicos. Proceda a limpeza e só de acesso aos cães depois de secar e não houver mais cheiros.

Ossinhos de má qualidade - altamente disseminador de doenças infecciosas......
Os chamados ossos de couro podem envolver sérios riscos de asfixia. Se um cão engolir um pedaço grande o suficiente, pode resultar em morte. Prefira sempre os ossos de arroz.


osso para cães


  • Pode causar ferimentos na garganta -Se um cão engolir um pedaço de couro que seja muito duro, pode ferir a garganta ou o esôfago do animal.
  • Advertência -Em muitos países, a produção de couro cru não é regulamentada. Às vezes, utilizam-se produtos à base de arsênio ​​como conservantes.
  • Problemas estomacais e intestinais - Quando umedecido, o couro cru se expande, podendo causar problemas no estômago ou nos intestinos de um cão.
  • Produtos químicos - ossos de couro são tratados com cal e água sanitária. Ambos são corrosivos se não forem adequadamente removidos durante a produção.

Brinquedos perigosos ou com altas doses de metais pesados (china), assim como brinquedos para humanos e Anvisa, etc......Não há fiscalização ou qualquer controle.

Alergias - tosse, ácaros, cobertores alguns tipos são especialmente propícios a proliferação de fungos e bactérias....... Por incrível que pareça se tem cheiro tem bactéria a roupa e cama do cão não deve ter cheiro.

Escovar os dentes - é tão importante quanto uma boa alimentação, já é sabido que os problemas bucais se espalham pelo organismo, e estas infecções entram na corrente sanguínea e não raramente atacam coração e outros órgãos. Dizem que a melhor coisa que você pode fazer para seu cão é escovar seus dentes regularmente


escovando os dentes do cão

Ciclo de vida - Seu cão tem um ciclo de vida  de bebe até vovô, cuidados quando jovem, adulto e idoso, as necessidades mudam assim como a alimentação deve mudar e os cuidados necessários.

Cozinha - Algumas áreas da casa proporcionam maior riscos assim como cozinhas e lavanderias, químicos, limpeza, etc .panelas, restos de comida, óleo quente, fornos, microondas, cheiros, etc.


Idosos em casa - pessoas idosas tem dificuldade de se locomover e cão muitas vezes ficam no solo , dificultando a movimentação do idoso, importante observar este movimento

Crianças em casa - As crianças devem ser bastante orientadas e supervisionadas, muitas vezes sem querer pegam o cães de forma inadequada provocando lesões e quedas, brinquedos pequenos de crianças espalhados são de alto risco.

Riscos para cães idosos - Cães idosos também requerem um atendimento especial.

  • escadas  dentro de casa - escadas dentro de casa são um transtorno para cães com idade avançada, Petescadas produz rampas invertidas para esta escadas para facilitar a vida de cães com dificuldade de locomoção, obesidade ou idade.                    
  • escadas internas para cães

  • moveis cama ou sofá - cães idosos não podem pular de camas de forma nenhuma e necessitam o aconchego da família. Petescadas tem rampas e escadas para qualquer porte de cão e altura de cama.

escadas para cães

  • escorregar- é um grave problema para cães idosos especialmente para cães com lesões
  • veículos- Nunca deixe seu cão pular de veículos, Até para levar ao veterinário
  • Alimentação - Nossos cães necessitam defierentes alimentações nas diferentes idades 
  • Espaço e quietude - passam a dormir mais horas e necessitam deste momento para recuperar suas forças


outros animais em casa - Ter mais animais em casa requer cuidados específicos, sejam da mesma raça, porte ou até animais de muito diferentes, tem alimentações diferentes, riscos de comer comidas que não são adequadas.

Tendo um animal jovem e um idoso, cada uma tem a necessidade de um tipo de alimentação, e é muito comum comerem a comida do outro.

ventiladores no chão, colocar as patas ou pelos serem sugados, isolar.

como segurar ou pegar seu animalzinho - é assim também ao pegar uma criança, nunca pegue o cão pelas patas, pegue pela bariga, sem perder o equilíbrio.


como segurar seu cão

Janelas altas sem rede ou grade - janelas podem ser acessadas por cães com a Petescadas panorâmicas, mas certifique-se que existe uma rede, grade ou fechamento que forneça segurança ou cão.


cão na janela

Choque elétrico - Choque é uma consequência muito recorrente, quando andamos em calçadas normalmente estamos de chinelo, tênis, sandálias, etc . mas de qualquer forma estamos isolados, já nossos cães não estão, existem muitos loais na rua que estão eletrificados com contados com fiação desencapados, além de centenas de aparelhos que são aterrados no solo transferindo cargas. Não é raro cães ao fazer seu xixi tomar um choque elétrico pois o xixi entra em contato com fiações desencapadas, especialmente sobre tampas metálicas. Evite expor seu cão.


cães e choque eletrico


automedicação em cães e gatos, dificuldades econômicas e de tempo terminam por fazer o dono medicar seu cão, sempre que possível o veterinário deve ser consultado, indicação de remédio por terceiros então?.nunca é a melhor opção.

Andar com seu cão sem guia - barulhos, freadas, fogos, buzinas, gritos, outros cães, etc, saem em disparada, atravessa rua e podem ser atropelados. Nunca ande sem guia.

Reformas e construções - afetam consideravelmente a vida dos bichinhos, poeiras, etc. preserve sua comida e água...

Alimentos – Chocolate pode matar, e quanto mais cacau houver nele, pior. Balas, bolachas, e produtos com sal, [...] também podem resultar em doenças.

alimentos para cães

Pessoas que fumam- .Fumantes não devem fumar perto de cães, por terminam por respirar involuntariamente a fumaça.

Fazendo o churrasco - sal ou gorduras que caem no chão.... ossos dados por desavisados e especialmente ossos de galinha que podem perfurar seus intestinos. devem ser eliminados

Coleiras apertadas - coleiras de aperto no pescoço devem ser substituídas por coleiras com peitoral, coleiras de aperto podem produzir graves lesões no pescoço e órgãos internos e coluna.

Pintura do pelo do cão - tinturas para pelos, simplesmente não devem ser usadas, pois afetam toda a forma do cão controlar sua temperatura e sensibilidade, além de poder criar alergias e outras formas de reação.


pelagem dos cães

Piscinas - risco de queda e cloro nos olhos. Piscina: cerque a área da piscina ou deixe-a coberta. Vale também ensinar o animal a utilizar a escadinha para sair da piscina ou ficar na área mais rasa. Lembre-se que logo ao colocar cloro na piscina o cão não deve entrar na piscina pois o cloro ainda esta em fermentação podendo queimar os olhos. Petescadas tem rampas especificas para o cão sair da piscinas em qualquer profundidade.


piscinas para cães


Sacada: as redes de proteção são necessárias, sobretudo, para quem tem um gato. Petescadas fabrica escadas e rampas panorâmicas para acesso de cães e gatos para visualização de sacadas

sacadas para cães

lagos - em sítios são de alto risco, afogamento e outros.


Escada: Normalmente entre andares evite o acesso dos animais a ela instalando portões.


Objetos e ornamentos: quando chega um filhote novo em casa, o ideal é retirar os objetos perigosos que podem ser ingeridos facilmente. O animal deve ser supervisionado e, aos poucos, educado com relação ao que ele pode mexer.


Cabos e tomadas: use tampas protetoras nas tomadas e ensine o bichinho a não morder fios e cabos. Alto risco especialmente com animais pequenos.


Alimentos: chocolate, cebola, uva, abacate, alimentos doces em geral (lembrando que cães também têm diabetes), ossos crus (especialmente de galinha, pois podem levar à perfuração intestinal) devem ser evitados.


Medicamentos e produtos de limpeza: mantenha guardados em armários ou gavetas fechados, pois podem ocasionar desde uma simples inflamação na pele até alergia ou intoxicações graves.


Plantas: algumas espécies têm efeitos nocivos na saúde dos animais, entre elas coroa de cristo, copo de leite e espada de São Jorge e comigo-ninguém-pode.


plantas nocivas para cães






Tylenol- e outros medicamentos, pode causar danos no fígado em cães. um único comprimido pode ser fatal.

Baterias pode ser tóxico para cães e gatos, levando a úlceras na boca, esôfago e estômago, baterias se engolidas tem que ser retiradas. 

Chocolate pode causar convulsões e morte em cães e gatos. o chocolate mais escuro, como o chocolate sem açúcar de padeiro, é mais tóxico do que o leite ou chocolate branco. 

Detergentes e amaciante pode causar úlceras na boca, esôfago e estômago em cães e gatos. 

Etileno glicol é encontrado em anticongelantes, agentes de degelo do pára-brisa e óleos de motor. Cães e gatos são atraídos por seu sabor doce, mas tão pouco quanto uma colher de chá ou uma colher de sopa em gatos pode causar insuficiência renal em cães. 



Fertilizantes podem conter quantidades tóxicas de nitrogênio, fósforo, potássio, ferro, zinco, herbicidas e pesticidas. Mantenha cães e gatos longe do gramados tratados até que estejam secos. Verifique a embalagem do produto, no entanto, uma vez que alguns produtos devem ser lavados no gramado antes que seja seguro para caminhar. 

Uvas, uvas passas e groselha - mesmo suco de uva - em pequenas quantidades pode causar insuficiência renal em cães. 


Produtos de limpeza domésticos, como alvejantes, limpadores de esgotos, limpeza de vaso sanitário e amônia, pode causar úlceras e outros problemas gastrointestinais em cães e gatos. 

Inseticidas em pulgas e carrapatos produtos podem causar problemas se não for usado de acordo com rótulos funcionais. Inseticidas que são destinados para os cães podem causar toxicidade grave em gatos, levando a sinais como vômitos, convulsões e dificuldade em respirar. Os produtos destinados a tratar o quintal ou casa não deve ser usado em animais de estimação. 


cães no psiquiatra


Querosene, gasolina e líquidos tocha tiki pode causar salivação excessiva, dificuldade bêbado andando e respirando em cães e gatos. Se estes produtos contêm anti-congelante, eles são até mesmo amoras problemático. 

Lírios - variedades japonesas - podem causar insuficiência renal em gatos. Lírios do vale pode causar problemas de ritmo cardíaco e morte em cães e gatos. 

Naftalina, especialmente se eles contêm naftaleno, pode ser tóxico para cães e gatos, resultando em vômitos, diarreia, aumento em beber e urinar, e convulsões.  

Medicamentos sem receita médica, tais como o ibuprofeno, pode levar a úlceras graves e anemia, bem como insuficiência hepática e renal em animais de estimação.

Cebola, alho, alho-poró e cebolinha pode ser tóxico para cães e gatos. Quando mastigadas ou engolidas, estes ingredientes podem causar anemia e desconforto gastrointestinal. 

Queensland, também conhecido como nozes de macadâmia, podem causar letargia, vômitos e dificuldade em caminhar cães. 

Raticidas, venenos de ratos e de camundongos, pode conter um número de diferentes toxinas, que têm efeitos diferentes em cães e gatos. Vários ingredientes comuns, como a varfarina e cumarina, podem causar problemas de coagulação do sangue e hemorragia. 


O tabaco pode ser tóxico para cães e gatos. A ingestão de nicotina na planta do tabaco ou em cigarros ou manchas podem levar a vômitos, tremores, colapso e morte. 

Massa de pão pode expandir-se no estômago. Se o estômago torce, cortando o suprimento de sangue, é necessária uma cirurgia de emergência. O fermento na massa pode também produz álcool, levando a convulsões e insuficiência respiratória dependendo do cão e da quantidade. 


cães obesos

Medicação de artrite, são com frequência sabor de carne, o que pode ser atraente para cães. A ingestão de grandes quantidades pode resultar em úlceras de estômago, insuficiência hepática ou insuficiência renal. 


O xilitol é um adoçante sem açúcar comumente encontrados em goma de mascar, pastilhas de hortelã e creme dental. Em cães, o que pode levar a quedas perigosas de açúcar no sangue e insuficiência hepática. 

Produtos de quintal, incluindo caracol e isca lesma, herbicidas e fertilizantes, nunca será bom para animais de estimação. Os Sinais irão variar de acordo com o ingrediente. 

Toxicidade do zinco pode acontecer Quando os cães e gatos comem metal ou moedas. A ingestão de até mesmo um único centavo de zinco pode ser fatal. O zinco pode causar anemia, bem como atacar o fígado, rim ou ocasionar insuficiência cardíaca. 


cães no sofá



"não mantenha medicamentos onde os animais podem alcançar",  


Muitos cães são conhecidamente relutante em tomar remédios, as vezes é dito que a forma mais segura de um cão tomar sua pilula é deixar uma cair no chão.

Lembre, Piscinas, escadas, tomadas, fiação e objetos de decoração - podem virar armadilhas para o seu bicho de estimação. Soluções simples, como instalar uma rampa na piscina ou colocar uma rede de proteção na sacada, podem ser determinantes para a segurança dos animais. 


O perigo pode estar na decoração. Plantas tóxicas, objetos cortantes ou muito frágeis podem intoxicar ou machucar seriamente os animais, mas nem sempre é possível prevenir tudo.  Antes de sair faça uma inspeção pela casa para checar se está tudo em ordem.
Nunca deixar objetos pequenos espalhados pela casa.

41 33727306
marsexto@terra.com.br


Cães com lesão de mandibula


O que é a Lesão de mandíbula


Cães Condrodistróficos

Temos observado um elevado índice de lesões de mandíbula, muitos com fratura e perda de dentes, e este é um fato novo

São lesões que ocorrem em função de quedas na descida por pulo de camas, sofás e veículos ou no uso de escadas e rampas inadequadamente.

Principais motivos

  • O cão ao pular de uma cama ou sofá provoca um enorme esforço as patas da frente onde o impacto é concentrado, ao sentir forte dor o cão retira as patas da dianteira ficando o impacto para seu focinho.

  • O uso de escadas moles, o cão desce em direção a escada e o material afunda, com isso o cão perde a estabilidade e cai de focinho no chão, quanto mais perto da borda mais mole e pior o risco.

  • O uso de escadas com degraus estreitos, não havendo área suficiente provoca instabilidade provocando a queda.

  • O caso com maior incidência é o uso de rampas metálicas auto desmontáveis, são aquele tipo que se transforma em rampa ou escada. Ao usar algumas vezes ao colocar na posição escada o suporte perde a segurança (fica frouxo) fazendo a escada fechar e o cão ser surpreendido com a queda e o impacto.
Esta escada que se fecha, é muito instável, só pode ser usada para cão abaixo de 10 kilos, observe que ela não pode ser usada em paralelo pois cai com o cão por ser muito instável.

Há, mas eu tenho e não fecha quando o cão pula. É só aguardar pois a folga vai aumentando até não ter a capacidade de manter o material no lugar, isso se já não tiver enferrujada. Quem usa e guarda (dobra) com frequência mais rapidamente vai perceber que ela vai afrouxando a estrutura até a queda. 

A medida que o cão vai usando ele fica com mais habilidade com o uso e mais descuidado e ai que vai acontecer a queda, descuido somado com falha do material.

Mas a minha eu mantenho sempre montada, .....como não tem uma trava, vai recebendo o impacto da descida, e este acumulo do impacto vai aumentando a folga até a soltura e queda do cão. Quanto mais pesado o cão mais rápido vai ocorrer e sempre vai ocorrer.

como é feita de tubinhos a área de contato com o solo é muito pequena
fazendo com que escorregue, desta forma o cão ao tentar subir faz a rampa
se movimentar desestabilizando o movimento do cão com consequente queda.

cães de pequeno porte

A maioria das cama tem 60 de altura e muitos itens não atingem esta altura, especialmente para a posição rampa, logo não pode ser usada.


Cães que tem a cara achatada são extremamente prejudicados, pois já tem grande dificuldade de respirar e com isso e as lesões podem ser bastante graves. Alguns casos requerem recuperação óssea e cirurgias que não são baratas



Cães Condrodistróficos


Termo usado para se referir a raças de cachorros com o eixo dos ossos longos torcidos e encurtados dando o aspecto característico de serem rebaixados. Pernas curtas

As raças mais comuns que podem ser incluídos nesta definição são:
  • Dachshunds (todas as variedades, são cães "salsichas"), 
  • Poodle, 
  • Shih tzu
  • Pequinês, 
  • Beagle cocker, 
  • Jack russel, 
  • Basset hound, 
  • Bull dog (Inglês e Francês).
As pernas não são proporcionais ao corpo, assim o corpo é pesado demais para as pernas

Cães Condrodistróficos


Cães braquicefálicos


Cães braquicefálicos são aqueles cachorros de focinho achatado que todo mundo adora... são as raças com a cara“amassada”, você deve se tornar familiar com essa palavra.


Patas curtas e caras amaçadas são dois grandes indicadores de que seu cão necessita de cuidados e usar uma escada ou rampa adequada a sua condição, porte, peso, idade, lesões e características. 

A maioria dos vendedores simplesmente não mencionam o peso do cão para uso, levando as pessoas a deduzir que podem usar, onde as pessoas não tem as informações reais. Ou esta onde ninguém lê, E para cães acima de 10 kgs ?

Somente Petescadas tem escadas e rampas para cães                           com peso acima de 10 kilos 

rampas cães grande porte

Um site de venda diz

Recebemos feedbacks de clientes que compraram esse produto que mesmo em camas mais altas o cachorro consegue chegar no ultimo degrau e subir facilmente na cama sem causar esforço na coluna. (Você acha isso possível?)

como comprar escadas para cães

Um dos fatores que mais chama a atenção é que :
normalmente a pessoa que quer comprar uma escada ou rampa

        • vai na internete
        • vai em um petshop

E pesquisa sobre o item escadas para cães, 

Ao chegar na internet a pessoa é atraída pelo apelo de preços, não explica sobre o uso, sobre limitações de peso, durabilidade, não há opções de tamanho, logico tudo para induzir que a compra esta correta.

Não caia nessa

Ao chegar ao Petshop pergunta sobre escada e o vendedor indica o item que esta em estoque ( e ai esta o perigo), até porque não tem diversos itens a oferecer, oferece o que tem, independente do que o cão precisa, da sua idade, da sua saúde, do seu peso, da altura da cama, das suas lesões, do espaço no seu ambiente, etc, etc, 

A possibilidade de dar errado é altíssima e na maioria das vezes a pessoa acredita que resolveu a segurança para seu cão. Mas infelizmente lá na frente terá a lesão e não lembrará daquela compra simplesmente ira atribuir o caso a outros fatores. Os petshops fazem um excelente trabalho de distribuição de produtos, mas produtos que ocupam muito espaço de exposição tendem a não ser adequados a este tipo de mercado.

Tanto na internet quanto na visita a loja, o importante é verificar o que é melhor para seu cão e a durabilidade, leve em conta a saúde, idade, peso, lesões, e escolha a melhor opção e não o que lhe foi imposto.

rampa para cães

lembre-se do ciclo de vida de seu cão, bebe, adulto, sênior, senil.

Usar escadas que vão se desmanchar com o tempo é garantir que seu cão, a medida que vai ficando mais velho você esta proporcionado um maior risco

Determinados perfis de cães devem usar rampas e ao usar rampas muito curtas tendem a ter um grande esforço para ter que subir pois a rampa é curta, além de alguns cães desistirem de usar forçam os ligamentos até uma lesão.

daschund rampa

veja não é só ter uma petescadas, tem que usar corretamente, no exemplo acima 
não vai funcionar porque a altura da cama é muito diferente da altura da rampa

consulte e conheça diversos modelos um certamente é o mais adequado

41 33727306
marsexto@terra.com.br


Cães gigantes indomáveis e o megaesofago



Megaesôfago em cães de grande porte

cadeira megaesôfago cães gigantes

Megaesôfago  é uma condição que ocorre em seres humanos e em cães e gatos quando deixa de ocorrer adequadamente o peristaltismo (contração muscular que conduzem os alimentos) e o esófago é ampliado. 

Normalmente, quando o esôfago do animal está funcionando corretamente, ele age como um músculo e empurra a comida no esôfago e para o estômago. No entanto, quando um animal tem megaesôfago, o esôfago permanece alargado e não empurra o alimento para o estômago. Portanto, a comida deixa de entrar no estômago e, muitas vezes permanece no esôfago, sendo eventualmente regurgitada, ou entra nos pulmões através da respiração, ou finalmente se direciona ao estomago.

Para que a alimentação se direcione ao estomago pode-se usar cadeiras especificas fazendo o cão permanecer em posição vertical até a alimentação ser recebida pelo estomago e a digestão ser iniciada.

Petescadas produz uma serie de itens para atender as necessidades dos clientes em todos os portes de cães. Tem dificuldade com seu cão, fale conosco.



Cães grandes são pesados e é bastante difícil de segurar seu cão constantemente e por longos períodos. Confirmar o megaesôfago não um diagnostico simples, são necessários exames para a confirmação.. Não há cirurgia que cure esta anomalia. 


Como acontece?, pode ser hereditária ou adquirida, a qualquer tempo de idade.




Muitos cães de grande porte tem dificuldade de permanecer na posição necessária para que a digestão se realize, seja por não querer se submeter, seja por dor.



lesões coxo femurais, colunas, pressão sobre orgões, etc.


Cães grandes ou gigantes

megaesôfago em cães

As laterais são reguláveis e tem a função de aprisionar o cão, quando necessário a imobilização ou apenas auxiliar a permanecer na posição, a regulagem ajuda também na variação de controle de peso do cão.

Tirantes para efetivar a pressão das laterais sobre os ombros do cão quando necessário

cães gigantes

Mesa para posicionamento de potes

cães pesados

A mesa de suporte de potes é facilmente retirada para limpeza e para a entrada do cão
alguns cães aprendem a sentar na base, colocando as pernas para fora

cães com megaesofago

totalmente feita em material impermeável para fácil limpeza.
Não há impregnação de sujidades

tirantes para cadeira megaesofago

Casamata para permanência
do cão totalmente revestida e macia

comedor para cães

Feita totalmente em material que facilita a permanência do cão
muito resistente e agradável ao toque.

cães gigantes

posicionador de angulação da mesa de alimentação.

cães de grande porte

base avançada para a completa estabilidade
projeto prevê estar encostada em uma parede.

Cães de Médio Porte

cães de médio porte com megaesofago

Mdelo básico de cadeira megaesôfago
este é o modelo mais usual, tem uma medida padrão é usado para cães médios.
O ajuste interno é feito por colocar mais ou menos almofadas e
moletons com enchimento.
Observe que a regulagem lateral não esta presente neste modelo ela é feita 
colocando mais ou menos enchimento no cubo de permanência. 

cadeira para cães

posição de rebatimento do suporte de alimento

Cães de porte médio ou grandes são difíceis de manter em posição pós alimentação
continuamente e por períodos longos, principalmente em climas quentes.
a cadeira ajuda muito nesta função.


cães de grande porte

o conjunto todo é composto somente por duas peças e embarcado 
conforme a foto acima, desmontado.

cães com megaesofago

a montagem é muito simples, são somente dois encaixes
não utiliza nenhuma ferramenta é feita somente por introduzir 
o conjunto no friso desenvolvido para isso.

Cães pequenos e Micros

cães de pequeno porte

Não há distinção entre o porte de cão para ocorrência de megaesôfago, seja 
gigante, médio ou micro.
Cães pequenos ou micro são muito mais fáceis de acompanhar, pois são leves o suficiente
para poder manter no colo por períodos longos.

cães pequenos

Normalmente recebem a alimentação e depois vão para a cadeira
pós alimentação, base ampliada

cães de porte medio

Cadeira pequeno porte com design diferenciado

cães micro

Cadeira desenvolvida especialmente para um cão micro com 1,5 kilos
com regulagem lateral.

cães micro

Outros produtos

cadeira cão gigante

Modelo feito exclusivo para uma ferra de porte médio
que relutava em permanecer na posição
Uma coleira de peitoral com rédia curta mantem a possibilidade
de movimento reduzida e as paredes da cadeira mantém a imobilização



Cama inclinada-

cama inclinada

As camas inclinadas tem a função de manter o cão com a cabeça mais elevada
do que o corpo, esta condição ajuda ao cão nas ocorrências de refluxo.
O refluxo constante, incomoda o cão durante o sono, fazendo com que não durma
adequadamente prejudicando sua recuperação.
A ocorrência refluxo é acida e sua constante atuação leva a corrosão de mucosas e novas lesões e grave quando aspirada por ir aos pulmões e ser acida.
Nem todos os cães apresentam refluxo.

comedor elevado

exemplo de um cão usando o comedor elevado e sua caminha inclinada,
observe que ela levou todos seus brinquedos



Comedor elevado

comedor elevado

O comedor serve para que o cão possa se alimentar em posição em que a cabeça fique bastante alta em relação ao solo e o corpo fique em posição quase vertical.
A vantagem é que o alimento nesta posição tem a ajuda da gravidade para descer até o estomago.

Nem todo o cão pode usar o comedor elevado, os casos mais graves não se resolvem com o uso do comedor elevado o qual ainda pode se tornar um agente de agravar ou provocar até um aspiração pulmonar do alimento (fato grave).
O comedor só serve a casos leves e orientados por veterinário competente.

o comedor é projetado em função do porte e medidas do cão.

comedor


modelo feito para um cão gigante com imobilizador
cão muito pesado, mais de 65 kilos

cães gigantes


O modelo abaixo inicialmente usado por cliente para movimentar o cão dentro de casa.
a cadeira tem rodas e uma alça, desta forma quando a pessoa vai para outro ambiente 
leva o cão junto durante o tempo que ele permanece na cadeira de alimentação e pós alimentação


cães com necessidades especiais

Esta cadeira em uma segunda fase passou a ser utilizada por cães com megaesôfago e com dificuldade de locomoção é ou paralisia.

cães de grande porte

funciona como se fosse um carrinho de compras

cães especiais

Petescadas produz macas para cães com necessidades especiais, cães com
dificuldades de locomoção, transporte de cães em áreas internas e
externas, cães idosos e super pesados.


macas para cães

rampas para acesso a veículos

rampas para veículos


entre em contato, faremos o melhor de nosso conhecimento

41 33727306
petescadas@gmail.com