Cães TOY , microtoy

Cães TOY , microtoy

Petescadas com múltiplos degraus (7), ideal para cães pequenos (toys, microtoys, etc.) Leia mais

Rampas, Rampas especiais

Rampas, Rampas especiais

Rampa, Petrampa em L Projeto desenvolvido de uma rampa PETrampa com medidas e condições especiais. Leia mais

Quarto de casal

Quarto de casal

Como obter a melhor opção para manter seu filhote no quarto do casal com conforto e sem destruir a harmonia do ambiente. Leia mais

Cadeirinha para megaesofago

Cadeirinha para megaesofago

Petescadas desenvolveu uma peça extremamente leve, confortável para a permanência do cão por períodos longos. Leia mais

Cama box casal, medidas

Cama box casal, medidas

Uma solução inovadora surge para atender necessidades de locais com limitações de espaço. Leia mais

cães diferença da reparação de osso ou músculo



Diferença na Reparação de osso e músculo em cães


reabilitação óssea em cães

Todos nós aceitamos que quando quebra um osso em nosso corpo, um processo de cura tem de ser realizado pelo corpo para o osso se curar e, em seguida, retomar a sua força original. 

Mesmo sendo os ossos duros e fortes eles são formados a partir de células individuais e quando quebrados quebra a matriz celular do osso. 


Para consertar, estas mesmas células têm de ser mantidas na posição correta, quer por aplicação de gesso ou outros métodos, como placas de metal, pinos; etc

Para o processo de cura celular se completar e o osso recuperar a sua força; 
passa por um processo de reparação celular que é complexo, mas altamente eficaz se for proporcionado a correção, o tempo e o ambiente correto.

fratura em cães

Quando os ossos quebram eles têm que ser reparados, então por que estou escrevendo sobre algo que a maioria das pessoas concordam? 


Minha motivação é reiterar que, se o corpo ou uma de suas partes são danificados ou quebrados precisam de um especialista; no entanto músculos parecem não merecerem a mesma regra no imaginário das pessoas! 

os músculos, tendões, ligamentos, articulações, etc devem ser tratados
por quem pode coloca-los novamente em funcionamento

o fisioterapeuta veterinário

Quando os músculos são danificados um programa de reparação deve ser observado 
como qualquer outra reparação corporal. 

fisioterapia veterinária

Muitas vezes, o tratamento que é dado para a reparação muscular é mais um cenário de faz de conta! 

poucas seções são feitas e muito pouco controle da recuperação

Ele é visto como uma má prática de bem-estar já deixar um osso sem tratamento não, e a reparação muscular é dado esse pouco respeito. 

Recuperação e fisioterapia, e programas de recuperação muscular fazem todo o sentido.

Após um exame é dito, não tem nada quebrado!
mas esta se referindo a osso, mas certamente pode ter músculos e outros
bastante danificados

Músculos, como ossos, quando danificadas tem que ter reparação em sua matriz celular, para voltar a ter uma maneira adequadamente organizada. 


A diferença, claro, é que os músculos têm uma construção tipo 'elástica', portanto, uso de limitadores como gesso e fixadores, não seria adequado; no entanto, um procedimento de reparo deve ser instigado para facilitar um bom reparo.

                                        músculo em cães
romper filamentos, ....distender fibras, tendões, articulações, etc


algumas situações são visíveis, outras não



distensão muscular em cães


lesões em cães

muitos cães tem ossos muito finos e músculos frágeis, os micro, toy, mini, etc.
com alto risco de lesões

fraturas em cães



corpos alongados é alto esforço dos músculos
cães muito pesados
cães idosos

A recuperação muscular ainda tem muito espaço para crescer, e ser colocada com a devida
importância que merece. ....

OK, então ossos têm um papel de apoio para o corpo; 
mas os seus músculos que tem efeito na postura. 

ligamentos em cães


O tecido mole dentro da estrutura do corpo mantém os ossos juntos não o contrário, e quando eles não recebem o ambiente correto para a reparação ele irá reparar de uma maneira que irá criar um músculo disfuncional e, portanto, também afetará a postura.

Se uma articulação é fortemente distendida ela ira aumentar de tamanho(comprimento) como é ela que sustenta um osso, uma certa frouxidão ira ocorrer o que pode gerar um mal funcionamento de uma articulação e até desgaste nela. Por isso é importante que a musculatura tenha tempo de recuperação.

lesões em cães

Tecidos musculares ou células têm que manter contato com a célula destacada para reparar, eles estão sendo constantemente puxado para fora do alinhamento pelo exercício inadequado, em seguida, os músculos vão lutar para reparar adequadamente. 


Se os músculos estão a ser utilizados, eles estarão em um estado de inflamação contínua e isso irá impedir a reparação enormemente. 
Vai reparar parcial ou erroneamente.

Músculos funcionam através de um "filamento deslizante", que significa que as fibras irão deslizar uma na outra; devido a isso, eles podem "contrair" 

(músculos vão ficando mais curtos com as fibras ao deslizar uma sobre a outra, 
portanto, mais volumoso, e as articulações menos  flexíveis) 

ou 'relaxar ativamente' (músculos ficando mais longos e finos com as fibras deslizando mais longilíneas uma do outra, permitindo ampliar articulações). 

Se estes filamentos não são reparados adequadamente eles vão perder suas qualidades de 'deslizar sobre' e, portanto, não podem funcionar corretamente.

O maior fato é que não tendo a causa inicial, (acidente ou salto) 
não há a má recuperação muscular.

Por isso evitar a lesão é sempre a melhor solução

tomografia em cães

A anatomia muscular de um cão quanto a finalidade . 

A primeira, e mais óbvia, é para facilitar o movimento dos membros, cabeça, pescoço e articulações. 


Uma função igualmente importante para os músculos é o de proporcionar estabilidade às articulações do corpo, tornando mais fácil para elas funcionarem sob pressão.

Todo o proprietário de cão executando brincadeiras em seu quintal ou um parque local com o seu amado animal não tem dúvida e fica maravilhado com a velocidade e manobrabilidade graciosa que um cão possui. 

Como outros mamíferos no planeta Terra, os cães têm um sistema esquelético e muscular complexo projetado para suportar ambos os movimentos voluntários e involuntários. 


No entanto, desde que os cães não compartilham o mesmo tipo de corpo como um ser humano, isso significa que ele tem um sistema músculo-esquelético diferente do sistema dos seres humanos e especialmente a posição da coluna.

A anatomia muscular de um cão, enquanto serve o mesmo propósito em um cão, difere em estrutura e função do sistema muscular em um corpo humano. 

Assim como o sistema muscular humano é composto de unidades de tecido ligado ao sistema esquelético, pele, músculos e outros, anatomia muscular de um cão é organizado de uma forma semelhante. 

Ambos os sistemas musculares usam o poder de contração para produzir o movimento. 
A partir daqui, torna-se muito difícil comparar a anatomia muscular dos cães e dos seres humanos.

Os músculos encontrados no corpo de cada cão são compostos de uma massa de células mantidas juntas por tecidos conjuntivos. Ligado ao sistema esquelético, pele, músculos e outros, cada músculo do corpo ajuda a criar o movimento. 

As fibras musculares no corpo de um cão recebem impulsos eléctricos do cérebro através do sistema nervoso central. Esses impulsos são convertidos em uma forma de energia mecânica nos músculos que obriga a contrair-se, produzindo assim o movimento.

O tecido conjuntivo que mantem juntos os músculos no corpo de um cão pode variar com base no tipo de tecido que formam cada ligação. Os músculos esqueléticos, também conhecidos como músculos estriados, são aqueles que se conectam diretamente aos ossos no sistema esquelético. 

Os tendões, que são fibras do tecido elástico e forte, formam a ligação entre os músculos esqueléticos e ossos. 

Como estes músculos se contraem, os tendões são puxados, e por sua vez puxam os ossos para criar o movimento nos membros.

Um outro grupo musculares do corpo são, por falta de um melhor terminologia, ligados aos órgãos internos do corpo tais como o coração, o diafragma, e intestinos. 
Estes músculos refletem, como parte da operação destes vários órgãos e está sob um controle involuntário no cérebro.

Controle dos músculos pelos cães


recuperação muscular em cães

Da mesma maneira que no organismo humano, a anatomia muscular de um cão consiste em dois controles voluntários e involuntários. 

Músculos voluntários são aqueles dentro do corpo do cão que pode ser controlado diretamente pelo pensamento consciente. A decisão de perseguir uma bola em todo o quintal envolve uma escolha consciente por um cão.

Ao decidir correr atrás de uma bola, o cérebro do cão envia impulsos elétricos através do sistema nervoso para os músculos, como , peitoral, trapézio, bíceps braquial e músculo glúteo para facilitar o movimento. 
Esses impulsos forçam a contração desses grupos de músculos e envolvem os ombros, adutor e raptar das pernas, e controlar o movimento de como um cão corre.

A outra metade do quebra cabeça consiste de músculos involuntários do corpo. 
Músculos involuntários não são controlados pelo pensamento consciente, mas são controlados e geridos pelo cérebro através do sistema nervoso autônomo. 

O cérebro regula automaticamente as funções destes músculos para manter um cão vivo, músculos involuntários incluem o coração, diafragma, intestinos, etc.

Anatomia muscular quanto ao Tipos de 

músculos em cães  


A anatomia muscular de um cão consiste em três principais tipos de tecido muscular: músculo liso, 
músculo esquelético e 
músculo cardíaco. 

Cada um destes tipos de tecido serve a um propósito diferente no corpo de um cão e está sob o controle por um dos sistemas voluntário ou involuntário.

Músculos lisos consistem nos tipos de tecidos que são encontrados dentro das paredes de órgãos internos ocos. 
Exemplos deste tipo de tecido no corpo incluem o coração, estômago, e vasos sanguíneos. Cada um destes tecidos musculares lisos estão sob o controle involuntário do sistema nervoso autônomo.

Os músculos esqueléticos, como mencionado anteriormente, são aqueles que estão ligados ao sistema esquelético do corpo do cão. Que consiste em tecidos musculares e tendões, estes músculos são controlados voluntariamente pelo cão e são utilizados principalmente para facilitar a locomoção. Exemplos de músculos esqueléticos incluem aqueles que controlam andar, comer, o movimento dos olhos e rabo abanando.

Finalmente, há os músculos cardíacos do corpo. 

Este grupo muscular específico consiste dessas fibras musculares que cercam o coração e tem poder dobre seu funcionamento. 
Cardíacos podem ser os músculos mais originais no corpo de um cão como eles são músculos estriados como músculos esqueléticos, mas não pode ser controlado voluntariamente.


Grupos específicos musculares

De um modo geral, a anatomia muscular de um cão pode ser facilmente dividido em duas regiões distintas do corpo. 
O Membro Torácico do cão consiste nos músculos na parte superior do tronco do corpo de um cão, enquanto o pélvica consiste dos músculos encontrados em torno das articulações do quadril na região inferior no corpo.
fraturas em cães

Músculo e seus Filamentos em cães


Os músculos precisam de 6 semanas para reparar, este tempo não pode ser significativamente reduzido porque esse é o tempo que o processo leva, mas pode ser maximizada pelo exercício controlado e também pela terapia apropriada que irá incentivar as fibras para manter sua integridade e flexibilidade.

Um osso quebrado é mais forte quando reparado; o mesmo também pode ser dito de músculos, mas a partir de um contexto diferente, o reparo será forte, mas deixa cicatrizes inflexíveis que irá dificultar o movimento.

Sempre haverá um dano mesmo que exista recuperação a cicatriz fica.

Músculos curam de uma forma muito semelhante 
(mas de um forma invisível) a um corte em seu braço; 
primeiro ele sangra, então ele forma uma crosta frágil, 
então uma crosta mais robusta, em seguida, uma cicatriz. 


Se a camada é perturbada com demasiada frequência, e em seguida, uma cicatriz mais e mais substancial é finalmente formada. Com os músculos cuidadosos protocolos de exercícios e tratamento devem ser implementadas para garantir uma cicatriz funcional que seja bem formada e um que irá maximizar o movimento do músculos.

Uma recuperação de um músculo vai levar semanas, deixar seu animalzinho fora do risco é parte integrante da recuperação e função do proprietário

Muitas vezes, quando um cão sofre uma lesão grave, eles são radiografados e se nada estiver quebrado, obviamente, (tanto quanto os ossos estão intactos) são considerados 'muito bem' e nenhum outro tratamento é fornecido. 

Isso acontece tanto em casos de acidentes com veículos, cães caindo ou pulando de móveis, etc., porém os outros danos nos tecidos moles musculares permanecem e podem criar disfunções maciças e devastadoras e até anos depois.

usar escadas ortopédicas para sofá e cama faz parte da solução.

escadas ortopédicas para cães

escadas ortopédicas são escadas fabricadas com material e design de qualidade
de tal forma que podem ser usadas por cães em recuperação
cirúrgica, convalescença, reabilitação em fisioterapia, etc.
sem risco de agravamento e novas lesões,

Isso resulta em não usar escadas de espuma, materiais instáveis,
escadas de degraus curtos entre outros 

opção em rampa, é muito útil nas lesões de articulações
e coluna



Principais motivos de lesão muscular

  • pós cirurgias sem acompanhamento
  • diagnósticos de não fraturas
  • recuperações de lesões considerando rápidas ou curtas
  • Não evitar nova lesão - exemplo não fornecer escada ou rampa ao seu cão
  • Continuidade de esforço sobre a lesão antes de totalmente recuperada

Se seu cão tem um acidente, por favor considere lesão muscular como se fosse um osso, ele precisa de tratamento adequado para reparar da mesma forma que um osso, e vai levar tempo e necessitar de um veterinário fisioterapeuta.


petescadas@gmail.com
41 33727306
41 987269100


os infláveis em fisioterapia veterinária


Fisioterapia Veterinária

 aparelhos de fisioterapia  mais utilizados e suas funções


reabilitação fisioterapia veterinária 

Use um espartilho especial com equipamentos grandes e use-o para pendurar de cima. 
Ao controlar a carga no pé, é possível ficar de pé mesmo como uma cão que não pode caminhar ou uma cão que não pode ter um bom equilíbrio, e é eficaz na restauração da função motora.

sabe porque muita gente termina por adotar, pelo custo

     reabilitação veterinária


fisioterapia veterinária

Petcaminhador serve para todo porte e peso de cão, fácil de ajustar e muito útil na recuperação, sem esforço para o fisioterapeuta, diferentes tipos de rodas em função do pisos que vai ser utilizada

Desenvolvido sob encomenda pode ser formulado conforme necessidade, 
exemplo larguras de porta, tipo de roda, etc.

pode ser usado mantendo grupos de patas suspensos, exemplo dianteiras
ou traseiras.




tapete 
exercícios de fisioterapia veterinária


É um tapete de material de baixa resiliência. É fácil de realizar, mesmo em cães que não estão acostumadas à reabilitação, e é usado para aumentar a força muscular dos membros posteriores ou anteriores.

resiliência = propriedade que alguns corpos apresentam de retornar à forma original após terem sido submetidos a uma deformação elástica.

Usando uma petescadas ortopédicas tem a mesma função de poder acionar os membros anteriores e posteriores na própria petescadas de acesso a camas e sofá

escadas ortopédicas para poodle



Disco de equilíbrio

fisioterapia veterinária para cães


Por ter uma forma de disco e uma estrutura instável com poucas superfícies de contato, você pode treinar seu senso de equilíbrio ao dirigir. A irregularidade no topo da superfície estimula a almofada das patas, levando ao aprimoramento da sensação dos dedos dos pés.

necessidade de controle de insuflamento, necessário diversos tamanhos para
diferentes porte de cães

petescadas
aparelho de fisioterapia veterinária

Na petescadas a mesmo placa de oscilação pode ser usado para todo porte e peso de cão
Mão livres para um melhor manipulação
piso táctil antiderrapante


Donuts


inflável donuts de fisioterapia veterinária


Rosquinha: Um tipo de bola de equilíbrio que tem altura, mas não é uma esfera perfeita, portanto tem uma sensação de estabilidade. Usado para equilíbrio e força muscular dos membros posteriores.

fisioterapia veterinária




Amendoim

inflável amendoim fisioterapia veterinária

Esse também é um tipo de bola de equilíbrio oval, mas com um centro levemente oco, facilitando a colocação dos membros anteriores. Usado para equilíbrio e força muscular dos membros posteriores.

equipamento de fisioterapia veterinária

fisioterapia veterinária

fisioterapia veterinária

Suporte para manter as bolas paradas para fazer os exercícios

suporte para equipamento de fisioterapia

suportes de armazenamento das unidades

suporte fisioterapia


Trilho de Cavalett



cavaleti fisioterapia

O movimento de mover as articulações cruzando os pólos.

equipamento indiana jones fisioterapia

regulagem de altura e amplitude no mesmo aparelho em circuito

fisioterapia de cães

de zero até 0,5 de altura para todo tipo de cão
cavaletti e crawl militar no mesmo aparelho

fisioterapia veterinária

armazenagem das travessas no próprio aparelho, não ocupando espaço

fisioterapia veterinária

osciladores prancha de surf
um consultório moderno e jovial

osciladores veterinários

exercício para cães

Fortalece músculos, ossos e tendões 
Melhora a flexibilidade
Exercita a mente
Cria confiança
Fortalece o vínculo com seu cão
Melhora as habilidades de treinamento de reforço positivo
Melhora o desempenho e a resistência
Melhora o equilíbrio e a propriocepção
Retarda o envelhecimento
Suporta controle de peso
Melhora o sistema imunológico


petescadas@gmail.com
41 33727306
41 987269100




treinamento de força- cães de resgate, busca e salvamento




iro-internacional organização para resgates
IRO (International Organization for the Rescue Dog)



cães de resgate

A IRO é uma Organização Internacional para Cães de Busca e Salvamento (IRO) é a representação mundial de 124 organizações nacionais de cães de busca e resgate de 41 países em todos os continentes.

Se, na imaginação coletiva, o cão de resgate é um pastor, e as qualidades necessárias para a missão são mais psicológicas do que físicas, mesmo que o animal deva ser esportivo. 
"Um bom cão de pesquisa é, acima de tudo, um animal que ama o jogo." 
Ele deve ter o prazer atingir o objetivo para pegar o brinquedo favorito como recompensa. 
Ele também deve ser corajoso, animado e muito equilibrado. Tenha gosto pelo contato com o homem e seja obediente e, obviamente, tenha um bom olfato! 
A fim de sentir o menor odor liberado por uma pessoa enterrada, às vezes sob metros cúbicos de entulho, ou perdido por horas em uma floresta ou mata. 

 principais especialidades e treinamento dos cães
na IRO

Cães de Rastreamento

cães de rastreamento


O cão de busca e salvamento segue uma pista deixada no chão por uma pessoa desaparecida. 
Nesses casos, o ponto de partida é conhecido. Mantrailing é uma forma especial que está se tornando cada vez mais popular, onde o cão segue o perfume de um indivíduo no ar. Cheirar um item pessoal da pessoa desaparecida é suficiente para captar um perfume no ponto de partida.

Cães de Pesquisa por área

cães de busca e salvamento


Muitas missões envolvem a busca de pessoas desaparecidas para as quais não existe uma trilha precisa. Ao procurar um perfume humano, o cão corre em zigue-zague pela floresta, enquanto o treinador do cão avança em linha reta dentro de uma área de pesquisa alocada. Dessa forma, equipes relativamente pequenas podem digitalizar grandes áreas dentro de um curto período de tempo.

Cães de Pesquisa de entulho

cães de salvamento em entulho


Principalmente após terremotos, deslizamentos de terra, explosões de gás e tsunamis; sem dúvida, a tarefa mais difícil. Muitos cheiros diferentes e fatores perturbadores complicam a pesquisa. 
O cão tem que percorrer os escombros, que têm muitos metros de altura, de forma independente, e alertar seu treinador sobre a descoberta latindo ou arranhando. 
Para evitar erros, a pesquisa é repetida com um segundo cão, se possível.

Cães de Pesquisa Avalanche

cães de salvamento em avalanche


Aqueles que são pegos sob uma avalanche correm o risco de asfixia ou morte por hipotermia, exaustão ou ferimentos. Cada minuto conta. Com a ajuda de cães da neve, esqui ou helicópteros, as equipes alcançam a avalanche rapidamente. Semelhante às pesquisas de área, os cães percorrem a área de pesquisa em um padrão em zigue-zague.

Cães de Busca e salvamento na água

cães de busca e salvamento na água

Se uma pessoa corre o risco de se afogar, um cão especialmente treinado as puxa para fora da água, como faria um salva-vidas. A busca por pessoas na água refere-se também a cadáveres. O cão é movido através da água em um barco e indica qualquer perfume ascendente. No entanto, cães de busca e salvamento são essencialmente destinados a localizar pessoas que estão vivas.


Um exemplo recente no Brasil foram os cães em brumadinho, que
auxiliavam na busca e salvamento de pessoas e corpos

cães de brumadinho

relação é proximidade do cão e seu treinador é uma das grandes
qualificações necessárias para o conjunto

cães de resgate

Para que o cão possa exercer adequadamente seu trabalho os cães necessitam receber
treinamento adequado para a ação de encontrar o alvo e também estar fisicamente preparado, abaixo segue a menção da IRO sobre exercícios de fortalecimento do core e diferentes formas de obter o condicionamento 

Treinamento de força do núcleo para cães: balanceamento


Devido ao seu papel na proteção dos órgãos internos e da coluna vertebral, além de ser o canal para o movimento e a transferência de força, o núcleo de um cão é realmente uma das áreas mais importantes a serem atingidas com exercícios regulares. 


Mantendo esse tema, os exercício de núcleo canino podem ser realizado virtualmente 
em qualquer lugar.


 Balanceamento/equilíbrio.



Sempre que um cão precisar se equilibrar em uma superfície que não seja tão estável ou que não tenha uma ampla área de superfície, o cão será forçado a usar músculos estabilizadores que manterão a posição do corpo no espaço. 

Esses estabilizadores, que incluem os músculos do núcleo, são forçados a se contraírem isometricamente em resposta ao estímulo instável. 

Uma das maneiras mais fáceis de atingir os principais estabilizadores de um cão é usar placas de oscilação, almofadas de equilíbrio ou superfícies estreitas como base para um exercício.

Placas de oscilação

As placas oscilação são uma ótima maneira de introduzir um cão à instabilidade e construir um nível básico de força central. Para o ponto de partida mais fácil, use uma mesa de balanço, que só vai balançar de um lado para o outro e então progredir para uma prancha de oscilação, que se moverá em qualquer direção.

Para usar o tabuleiro, coloque as pernas dianteiras ou traseiras de um cão no quadro e peça para elas segurarem essa posição por 15 a 30 segundos. 

O cão provavelmente mudará seu peso enquanto balança para frente e para trás para se estabilizar. Se a prancha tende a balançar para um dos lados mais do que a outra, verifique se o cão não está centrado corretamente na placa e ajuste.

placas de oscilação para cães

exercício em placa de oscilação


ponte pênsil para cães

exercício em ponte pênsil


osciladores para cães

exercício em prancha de surf

video oscilação


Almofadas de equilíbrio

As almofadas de equilíbrio, proporcionam uma superfície insuflável e instável para o cão. Use a almofada muito como a placa de oscilação, alternando entre as pernas dianteiras e traseiras. À medida que o cão se torna mais condicionado, progrida o exercício desinflando ligeiramente a almofada, o que aumentará a instabilidade. A adição de uma segunda almofada de modo que ambas as pernas dianteiras e traseiras estejam em uma superfície instável é a próxima progressão. Cães menores podem progredir para os quatro membros na mesma almofada.

exercício com infláveis para cães


necessário controle do inflado, e que registro da próxima sessão de fisio,.....



bone,



sua forma exclusiva é projetada especificamente para permitir que ele seja usado com cães, enquanto os discos de equilíbrio foram projetados para criaturas de duas pernas em pé. .


Trave 
Andar ou se equilibrar em superfícies estreitas é outra maneira de adicionar instabilidade e forçar o cão a engatar seus estabilizadores. Você pode usar vigas de madeira ou árvores caídas como a superfície. Para começar, use uma superfície que esteja baixa no chão, para que o cão se sinta confiante n a trave. Faça com que o cão pegue a trave (ou árvore) de frente em uma direção, com as quatro patas na trave. Lentamente, faça com que eles avancem pela trave. O cão será forçado a ativar seus estabilizadores, a fim de manter seu corpo centrado na trave, razão pela qual esta exercício é tão eficaz


fortalecimento muscular para cães


IRO (International Organization for the Rescue Dog)

 exercício como treinamento de força para cães de resgate

Osciladores da Petescadas
pouco espaço ocupado
pode ser usado com qualquer tempo, clima
fácil regulagem sem necessidades de inflar e controle
rápido retorno
sem risco de lesão
ergométrico para o fisioterapeuta
disponibilidade das mãos ou uso em trela
para todo porte e peso de cão

petescadas tem trilhas para fortalecimento muscular e podem ser usadas em 
conjunto com
os osciladores formando os circuitos
fisioterapia veterinária para cães




exercício de fisioterapia veterinária

compare com o uso de um conjunto de infláveis


fisioterapia veterinária



petescadas@gmail.com
41 33727306
41 987269100